Nutrir nas Escolas Almoço celebra resultados do Nutrir 2016 em Belo Horizonte

Para comemorar os resultados do Nutrir nas Escolas e os vencedores do Prêmio Nutrir 2016 em Belo Horizonte (MG), foi realizado um almoço de celebração na capital mineira no dia 5 de abril. O almoço aconteceu no restaurante Xapuri, especializado em culinária mineira e que tem tudo a ver com os valores do Nutrir: valoriza as tradições locais, o preparo dos alimentos de forma artesanal e a convivência na hora da refeição.

Participaram do evento 21 pessoas: a Secretária Municipal Adjunta de Abastecimento e Segurança Alimentar e Nutricional (SMASAN), Darklane Rodrigues, representantes da equipe da SMASAN, integrantes de 2016 do Programa Saúde na Escola, os vencedores do Prêmio Nutrir 2016 e seus acompanhantes (das próprias escolas), todos os educadores que realizaram os desafios na EM Professora Consuelita Cândida – escola ganhadora do ano passado – e membros da equipe do Nutrir nas Escolas e da Fundação Nestlé Brasil.

Todo mundo se deliciou com as opções do menu, repleto de receitas tradicionais de Minas Gerais. Frango preguento, carne de panela, tutu, couve, quiabo, goiabada e doce de leite foram alguns dos quitutes que fizeram parte do cardápio. Ainda no clima de cozinha caseira, todos os vencedores foram presenteados com uma panela de barro feita por artesãs de Goiabeiras (ES) especialmente para o Programa Nutrir. O trabalho das artesãs é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Nas panelas, foi gravada manualmente uma frase muito significativa para o Nutrir: “Comer é colocar o mundo para dentro”.

Além das panelas e certificados para os vencedores, o Nutrir também distribuiu a todos os participantes do almoço um receituário com uma seleção das receitas que mais fizeram sucesso nos encontros de formação de cozinheiras do Nutrir. Dentre as 17 receitas, estão o suco verde refrescante, o escondidinho de beringela, o pirão de frango com legumes, o peixe com creme de abóbora e a compota de maracujá.

 

Notícias relacionadas:
- Escola de BH vence o Prêmio Nutrir pela terceira vez
- Conheça os vencedores do Prêmio Nutrir em Belo Horizonte
- Cultura alimentar regional no cardápio das escolas