Nutrir nas Escolas Nutrir realiza formações exclusivas para nutricionistas

Em 2017, o Nutrir nas Escolas ofereceu quatro formações exclusivas para as nutricionistas que atuam nas escolas municipais de São Paulo-SP. Esta é a primeira edição que conta com formações voltadas para essas profissionais, que antes participavam junto com as cozinheiras. O objetivo foi ter uma conversa mais direcionada para o trabalho da nutricionista e também ouvir suas experiências, opiniões e expectativas sobre o programa.

As formações foram conduzidas pelas chefs Gláucia, Shirley e Zélia Salles, que falaram da importância da aproximação tanto das nutricionistas com a cozinha e as cozinheiras quanto da escola com a cozinha. As participantes também experimentaram receitas deliciosas preparadas pelas chefs com ingredientes que fazem parte da alimentação escolar do município. “Em cima do que a gente tem, com os nossos alimentos, as chefs criam receitas maravilhosas que a gente acaba incorporando ao nosso receituário”, conta Laura Rahal, do Núcleo de Educação Alimentar e Nutricional da Coordenadoria de Alimentação Escolar (CODAE).

“Nós, nutricionistas, temos uma responsabilidade muito grande em relação à higiene, às questões práticas, aos contratos com as empresas. É muito importante para a equipe fazer essas paradas para refletir sobre outras questões não menos importantes que envolvem a alimentação escolar: as possibilidades culinárias com os alimentos enviados pela CODAE, o prazer de cozinhar e servir, o sabor dos alimentos, a apresentação dos pratos, as técnicas culinárias fundamentais para agregar sabor e textura aos alimentos. Isso tudo é imprescindível para a aceitação dos alimentos pelas crianças”, complementa Laura Rahal.

Para Analu Evangelista, coordenadora de Nutrição da empresa Base na DRE Campo Limpo, o envolvimento de mais nutricionistas no Nutrir é uma oportunidade de multiplicar o conteúdo para ainda mais cozinheiras, já que elas visitam as escolas frequentemente. “Não dá para a gente trazer todas as escolas e cozinheiras aqui, mas se nós passarmos [os conteúdos do Nutrir] para todas que atendemos [por meio das nutricionistas], é sucesso garantido”, diz Analu, que comentou que a qualidade e o consumo dos pratos aumentaram muito nas escolas da DRE Campo Limpo que participaram do Nutrir.

 

Notícias relacionadas:
- Nova seção da plataforma mostra datas de eventos
- Nutrir nas Escolas lança formação online
- Nutrir nas Escolas 2017 começa com muitas novidades